Arquivo da Categoria: Equinácea Forte

Equinácea Forte

Não há gripe ou constipação que lhe resista.

A Equinacea purpurea é originária das pradarias quentes da América do Norte. Os índios americanos foram os primeiros a utilizá-la, tornando-se conhecida dos botânicos europeus em 1690. Trata-se de uma planta herbácea, que se distingue pela cor púrpura e pelas suas pétalas em tons cor-de-rosa, sendo a sua colheita habitual na Primavera e no Outono. A parte mais utilizada é a raiz, apesar de alguns investigadores defenderem a utilização de toda a planta. Da sua composição distinguem-se várias substâncias activas como polisacáridos, flavonóides e óleos essenciais, que lhe conferem capacidades anti-virais e estimulantes do sistema imunitário. Destituída de toxicidade e sem efeitos secundários, o seu extracto tornou-se indicado na profilaxia e tratamento complementar de infecções respiratórias, gripes e resfriados.
É anti-inflamatória e ajuda a impedir a progressão das infecções através da inibição da enzima hialuronidase, produzida por diversas bactérias.

Aplicações terapêuticas:

  • Constipações e gripes
  • Estimula a produção de um anti-viral natural – o interferon.
  • Infecções uterinas
  • Estreptococos da garganta
  • Ferimentos externos e úlceras varicosas
  • Picadas e mordeduras venenosas

Contra indicações
A equinácea está contra-indicada em doenças auto-imunes, como o lúpus eritematoso e a artrite reumatóide, já que a sua acção imunoestimulante pode exacerbar os sintomas desta afecções.

Saiba mais sobre a Equinacea